Busca
Procure por artistas,
obras ou exposições
Paço das Artes
Av. Europa 158
Jardim Europa
CEP 01449-000
São Paulo/SP, Brasil
T 11 2117 4777 r. 413/414

Temporada de
Projetos

Temporada 2014

Ventriloquia

ABERTURA
07 julho, 2014 - 19h00
VISITAÇÃO
07 de julho a 10 de setembro de 2014
ACOMPANHAMENTO CRÍTICO
Carlos Eduardo Riccioppo é doutorando e mestre em História, Crítica e Teoria da Arte pelo Departamento de Artes Plásticas da USP, graduado pela mesma instituição, onde integra também o grupo de estudos Centro de Pesquisas em Arte Brasileira. Foi curador das exposições "Leonilson - desenhos" (Centro Universitário Maria Antonia, 2008) e "Fim da primeira parte" (exposição de João Loureiro, Galeria Vermelho, 2011). Foi contemplado com a Bolsa Funarte de Estímulo à Produção Crítica em Artes Visuais (2011), participou dos grupos de crítica do Centro Cultural São Paulo, Centro Universitário Maria Antonia e Paço das Artes e contribui para a Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais.
Em 1993, Marcelo Amorim inicia estudos sobre fotografia na Universidade Católica de Goiás com Rosary Estevez. Integrou o grupo de acompanhamento de processos artísticos com Juliana Monachesi e Guy Amado entre 2007 e 2008. Participou do Ateliê Fidalga, grupo de pesquisa coordenado por Albano Afonso e Sandra Cinto entre 2009 e 2010. Dirige desde 2009 o Ateliê 397, espaço independente de arte contemporânea. 

O artista faz da apropriação e da prática de colecionar imagens a estrutura de sua poética. Suas obras estão caracterizadas pela intertextualidade entre as mídias – transformação e construção de imagens pré-existentes, levantando questões sobre as possibilidades de processamento e significação. Amparado na apropriação de imagens coletadas em sebos, ilustrações e imagens de cinema e publicidade, entre outros, recupera retalhos de memórias afetivas que simbolizam o passado de forma inexorável. As imagens, que antes pertenciam a um objetivo, podem se transformar em pinturas, desenhos, vídeo, fotografias e gravuras, colocando em pauta as questões da originalidade, da autenticidade e da autoria da obra de arte, além de questionar a natureza da arte e sua definição. Amorim reinterpreta estas imagens, reiterando sentidos ou conferindo a elas novas apresentações, contextos e significados, associando-as. 
REALIZAÇÃO

Realização
Fale Conosco | Mapa do Site | Ouvidoria | Transparência | Trabalhe Conosco Design ps.2 | Tecnologia ps.2wcms