Busca
Procure por artistas,
obras ou exposições
Paço das Artes
Av. Europa 158
Jardim Europa
CEP 01449-000
São Paulo/SP, Brasil
T 11 2117 4777 r. 413/414

Mônica Nador + JAMAC + Paço Comunidade

ABERTURA
25 janeiro, 2015 - 15h00
VISITAÇÃO
De 25 de janeiro a 22 de março de 2015
Grátis | Livre

CURADORIA
-
ARTISTAS PARTICIPANTES
Mônica Nador
O Paço das Artes abre no dia 25 de janeiro, dia do aniversário da cidade de São Paulo, a exposição Mônica Nador + JAMAC + Paço Comunidade. A entrada é gratuita.

A mostra é resultado de oficinas colaborativas de estêncil realizadas em parceria com a artista visual Mônica Nador, o JAMAC (Jardim Miriam Arte Clube) e o Paço Comunidade (projeto concebido em 2013 por Priscila Arantes, diretora e curadora do Paço das Artes).

O Paço Comunidade é uma ação que visa criar um diálogo entre a instituição e seu entorno, em especial, o bairro Jardim São Remo. Trata-se de um projeto de formação em arte, ministrada por um artista contemporâneo convidado, que culmina em intervenções na comunidade ou no Paço das Artes.

“Convidamos Mônica Nador – referência na área de arte/ comunidade – para o desenvolvimento de oficinas semanais realizadas na Associação Metodista Livre Agente – Girassol, localizada na comunidade São Remo. Esta ação foi pensada com o objetivo de trazer o resultado da atividade para espaço expositivo em 2015”, explica Arantes.

As participantes da oficina criaram estampas em tecidos que foram transformadas em roupas pelo designer têxtil Renato Imbroisi, e que serão exibidas nesta mostra. No dia da abertura, às 17h, haverá um desfile.

A exposição apresentará também padronagens do acervo de atividades arte-educativas do JAMAC, a ação “Paredes Pinturas”, desenvolvida pela artista desde seu mestrado, e uma mostra de vídeos com curadoria da cineasta Thais Scabio.

Segundo Mônica Nador, o título da mostra nasceu com o convite do Paço das Artes por sua trajetória de 10 anos com o JAMAC, organização sem fins lucrativos que fundou na zona sul de São Paulo. “O ateliê segue aberto fomentando o desenvolvimento sócio-artístico na periferia e pretende consolidar a estamparia como o meio de sustentabilidade do projeto”, completa. De acordo com a artista, o acervo de padronagens é rico em motivos que vão desde os geométricos, passando aos étnicos até os infantis e o processo de criação das estampas parte sempre dos mesmos princípios: os participantes são estimulados a desenhar objetos concretos com os quais têm alguma ligação afetiva, relacionados ao seu cotidiano.

Mesa-redonda

No dia 14 de março (sábado), às 16h, haverá uma mesa-redonda sobre a mostra com a participação da artista plástica Mônica Nador, dos professores e pesquisadores Miguel Chaia e Mauro Pinto de Castro, e de Priscila Arantes, diretora técnica e curadora do Paço das Artes | idealizadora do Paço Comunidade. A entrada é livre e gratuita.

Mauro Pinto de Castro é professor de geografia da rede pública, membro do Núcleo Aparecida Gerônimo, integrante do Coletivo Popular e colaborador do JAMAC.

Miguel Chaia é professor do Departamento de Política do curso de pós-graduação em Ciências Sociais da PUC-SP e pesquisador do Núcleo de Estudos de Arte, Mídia e Política desta universidade.


Saiba mais sobre o Paço Comunidade

O projeto conta com a parceria do programa Aproxima-AÇÃO (da Pró-reitoria da USP) e da Associação Metodista Livre Agente (ONG localizada no Jardim São Remo). “A ação surgiu no sentido de o Paço das Artes poder contribuir na formação em arte contemporânea de um público muitas vezes carente nesta área” afirma Priscila Arantes. Nas edições anteriores, o programa recebeu a participação de artistas como Anderson Rei, que ministrou uma intervenção urbana, e Alberto Tembo, que convidou os participantes a realizar uma obra-jogo.

Saiba mais sobre o JAMAC

O JAMAC - Jardim Miriam Arte Clube é um ateliê de arte, espaço de formação e biblioteca aberta à comunidade do Jardim Miriam, na zona sul de São Paulo. Desde 2004 atua com ações artístico-culturais como a capacitação de jovens e adultos por meio da técnica de pintura em estêncil, intervenções em espaços públicos nas periferias e fomento à realização audiovisual visando possibilitar a prática da arte e da cultura como elementos estruturantes da sociedade.

Fundado pela artista visual Mônica Nador, a partir do seu mestrado “Paredes Pinturas”, defendido na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP), o JAMAC é um espaço de arte-educação consolidado na região. O projeto é caracterizado por pinturas murais realizadas em diversas comunidades onde a artista e sua equipe de arte-educadores ensinam aos moradores a técnica de pintura com estêncil partindo do desenho de cada participante. A ideia é que os moradores tragam os seus repertórios locais e registrem as suas referências imagéticas nos muros.

Através de parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, em 2012 o JAMAC implantou um núcleo de estamparia para confeccionar peças em tecido e papel. A estrutura do ateliê conta com equipamentos de serigrafia e busca realizar uma produção têxtil em escala. 

SHOWS

Miguel Nador (16h)

O repertório foi escolhido a partir do interesse em divulgar a canção brasileira, ao mesmo tempo em que procura uma maior aproximação entre o erudito e o popular. Sendo assim, ao interpretar uma canção popular, nota-se o uso da técnica erudita. Deste modo pode-se dizer que a segregação de gêneros está ligada à interpretação, e esta à cultura. O caráter dessa apresentação, portanto, define-se na tentativa de uma diluição das barreiras culturais formadas ao longo dos tempos. 

Leonardo Oliveira (18h)

O músico tocará samba de raiz em homenagem ao aniversário de São Paulo. 

Mônica Nador + JAMAC + Paço Comunidade
Abertura: 25 de janeiro de 2015 >> domingo >> 15h
Show Miguel Nador >> 16h
Desfile >> 17h
Show Leonardo (Samba de raiz) >> 18h
Visitação: até 22 de março de 2015
REALIZAÇÃO

Realização
Fale Conosco | Mapa do Site | Ouvidoria | Transparência | Trabalhe Conosco Design ps.2 | Tecnologia ps.2wcms