Busca
Procure por artistas,
obras ou exposições
Paço das Artes
Av. Europa 158
Jardim Europa
CEP 01449-000
São Paulo/SP, Brasil
T 11 2117 4777 r. 413/414

Evento

Ocupação Perversos Polimorfos

VISITAÇÃO
Janeiro e fevereiro de 2015
O Paço das Artes receberá apresentações e um workshop da companhia Perversos Polimorfos entre janeiro e fevereiro de 2015. As atividades são gratuitas.

A programação inclui apresentações dos espetáculos “Imagem-nua e outros contos” (2013); “Ânsia” (2011) ; “Movimento para um homem só”(2014); além do workshop “ O neutro e a potencialização do movimento”.

Perversos Polimorfos surgiu em 2005 sob a direção de Ricardo Gali com a proposta de reunir diversos artistas em torno da discussão a respeito das artes cênicas contemporâneas (dança e teatro) e a possibilidade de interface com outras artes emergentes.

Em 2014 foi contemplada pela 16º Edição do Programa Municipal de Fomento Dança para a Cidade de São Paulo, para circulação dos espetáculos Imagem-nua e outros contos” e “Ânsia”.

Veja a programação


“Imagem-nua e outros contos”
22, 23, 24 e 25 de janeiro
Terça a sábado às 21h e domingos às 20h

O espetáculo "Imagem-nua e outros contos", aproximou o universo dos dramas fundamentais, presentes nas narrativas sintéticas dos contos-de-fadas, das abordagens metafenomenológicas do filósofo português José Gil - um dos poucos pensadores da atualidade a se debruçar sobre a especificidade do corpo em movimento como constituição de linguagem.

“Ânsia”
29, 30 e 31 de janeiro e 01, 05, 06, 07, 08 de fevereiro
Terça a sábado às 21h e domingos às 20h

Ânsia tem como ponto de partida o texto “Crave” da dramaturga britânica Sarah Kane e teve sua estréia em 2011 no projeto Fora do Palco-Site Specific do Sesc Pinheiros sendo indicado ao Prêmio Bravo! Bradesco Prime de Cultura na categoria melhor espetáculo de dança.
 
Em 2014 foi contemplada pela 16º Edição do Programa Municipal de Fomento Dança para a Cidade de São Paulo com o projeto: Circulação e manutenção de companhia “ Imagem-nua e outros contos” + “Ânsia”. 

“Movimento para um homem só”
20, 21, 27 e 28 de Janeiro e 03 e 04 de Fevereiro
Terça a sábado às 21h e domingos às 20h

"Movimento para um homem só" é uma dueto da Companhia Perversos Polimorfos, dirigido por Ricardo Gali e interpretado pelos bailarinos Jerônimo Bittencourt e Lucas Delfino.
 
O motivo inicial no qual o trabalho se inspirou foram as intervenções criadas pelo artista plástico inglês Banksy em parceria com os grafiteiros Os Gêmeos, pertencentes à ocupação "Better out than in", ocorrida em Nova York em outubro de 2013.

O trabalho dá continuidade e aprofunda a pesquisa iniciada pela Cia. no espetáculo “Banksy Bang” em 2010 contemplada pelo Prêmio Klauss Viana e teve sua produção realizada em parceria ao 16º Cultura Inglesa Festival.

Para saber mais, acesse: www.perversospolimorfos.com.br

Workshop "O Neutro e a potencialização do movimento"
05 de fevereiro de 2015, das 14h às 19h

Gratuito 
Inscrições ocupacaoperversospolimorfos@gmail.com 
Vagas limitadas

A atividade tem como objetivo a exploração e compartilhamento das ferramentas de pesquisa corporal e dramatúrgicas desenvolvidas durante o processo de criação do espetáculo “A imagem-nua e outros contos”. O processo de criação do espetáculo baseou-se no conceito “IMAGEM-NUA” do filósofo português José Gil e imagens e literatura de contos de fadas. Público alvo: bailarinos, atores, performers e interessados no trabalho corporal e dramatúrgico desenvolvidos pela cia.

Perversos Polimorfos dialoga com as artes cênicas contemporâneas (dança e teatro) e a possibilidade de interface com outras artes emergentes (Foto: Divulgação)

Espetáculo "Imagem-nua e outros contos" (Foto: Divulgação)

Espetáculo "Movimento para um homem só" (Foto: Divulgação)

Espetáculo "Ânsia" (Foto: Divulgação)
REALIZAÇÃO

Realização
Fale Conosco | Mapa do Site | Ouvidoria | Transparência | Trabalhe Conosco Design ps.2 | Tecnologia ps.2wcms