Busca
Procure por artistas,
obras ou exposições
Paço das Artes
Av. Europa 158
Jardim Europa
CEP 01449-000
São Paulo/SP, Brasil
T 11 2117 4777 r. 413/414

Palestra

Encontro "Marcos da memória"

Parceria entre a Brasileiros Editora e o Paço das Artes

VISITAÇÃO
18 de novembro de 2014, 19h30
GRÁTIS
IMPRENSA
DOWNLOADS
O Paço das Artes e a Brasileiros Editora promovem, em parceria, o encontro “Marcos da Memória”, no dia 18 de novembro, com a presença de Luiza Villaméa, Anna Ferrari, Celso Sim e mediação de Alípio Freire. A mesa-redonda será realizada no contexto da exposição “Operação Condor”, do fotógrafo português João Pina, em cartaz no Paço das Artes de 23 de setembro a 7 de dezembro. 

"Marcos da Memória" pretende discutir a relação entre jornalismo e arte na recomposição da memória e as marcas deixadas pela ditadura militar, que completou 50 anos em 2014.

“Como instituição preocupada com a memória e registro de suas ações, o Paço das Artes considera de extrema importância a realização deste encontro com a Brasileiros num período de abertura dos arquivos da Ditadura Militar brasileira e em diálogo com a mostra sobre a Operação Condor ”, diz Priscila Arantes, diretora técnica e curadora do Paço das Artes.

Saiba mais sobre os participantes

Repórter especial da revista Brasileiros, Luiza Villaméa recebeu em 2013 um Prêmio Esso pela série “Filhos do Brasil”, sobre o impacto da ditadura na vida de crianças e adolescentes, publicada na revista entre março de 2013 e fevereiro de 2014. É jornalista e mestre em História pela USP.

O artista Celso Sim e a arquiteta Anna Ferrari são os criadores do projeto “Penetrável Genet – Experiência Araçá”, realizado como parte da 10ª Bienal de Arquitetura. A ocupação artística propôs um percurso pelo cemitério do Araçá, em São Paulo, até o Ossário Geral, onde estavam desde 1990 restos mortais de 1.046 pessoas – algumas delas vítimas do terrorismo de Estado, enterradas na vala clandestina de Perus, nas décadas de 1960 e 1970. Dentro do ossário, uma instalação de mármore que projetava filmes com referências a rituais mortuários, foi alvo de vandalismo.

Alípio Freire é jornalista, escritor e artista plástico. Ex-preso político, ele integrou a Ala Vermelha, uma dissidência do PCdoB, que atuou na resistência à ditadura. É diretor do documentário “1964 – Um Golpe Contra o Brasil”.

SERVIÇO
Encontros “Marcos da Memória”
Com Luiza Villaméa, Anna Ferrari e Celso Sim
Mediação: Alípio Freire
18 de novembro de 2014 >> 19h30

“Operação Condor” | João Pina
Curadoria: Diógenes Moura
Visitação: até 7 de dezembro
Terças a sextas > 10h às 19h | Sábados, domingos e feriados > 11h às 18h

Informações para a imprensa - Paço das Artes
Carolina Ferreira | carolinaferreira@pacodasartes.org.br | (11) 3814-4832
Josimar Valerio | jvalerio@pacodasartes.org.br | (11) 3814-4832

Informações para a imprensa – revista Brasileiros
Jéssica Panazzolo | jessica@brasileiros.com.br | (11) 3030-4050

Mostra Operação Condor segue aberta para visitação gratuita até 7 de dezembro de 2014 (Foto: Divulgação)
REALIZAÇÃO

Realização
Fale Conosco | Mapa do Site | Ouvidoria | Transparência | Trabalhe Conosco Design ps.2 | Tecnologia ps.2wcms