Busca
Procure por artistas,
obras ou exposições
Paço das Artes
Av. Europa 158
Jardim Europa
CEP 01449-000
São Paulo/SP, Brasil
T 11 2117 4777 r. 413/414

Palestra

Conversa de encerramento de "A queda do céu" e "Cruzeiro do Sul"

ABERTURA
04 julho, 2015 - 16h00
VISITAÇÃO
Grátis | Livre
IMPRENSA
LINKS
O Paço das Artes realiza no dia 4 de julho (sábado), às 16h, a mesa-redonda de encerramento de A queda do céu e Cruzeiro do Sul - 1ª Temporada de Projetos 2015, exposições que abordam a temática indígena na arte. A entrada é gratuita.

O bate-papo terá a participação dos curadores Moacir dos Anjos (A queda do céue Gabriel Bogossian (Cruzeiro do Sul), do artista integrante de A queda do céu Vincent Carelli (Vídeo nas Aldeias), do cineasta Andrea Tonacci e do pesquisador Laymert Garcia dos Santos (professor titular aposentado do Instituto de Filosofia e C. Humanas da Unicamp).

"A queda do céu" | Curadoria: Moacir dos Anjos

A mostra reúne e aproxima trabalhos artísticos que prenunciam, evidenciam e combatem a progressiva despossessão sofrida por populações indígenas, iniciada em contato involuntário com o colonizador “branco”. “Despossessão que é índice da destruição da própria ideia de sustentabilidade do planeta; ou, como sugere a cosmogonia Yanomami, índice da ‘queda do céu’, diz Moacir dos Anjos.

A exposição apresenta obras dos artistas Anna Bella Geiger, Cildo Meireles, Claudia Andujar, Jimmie Durham, Harun Farocki, Leonilson, Matheus Rocha Pitta, Miguel Rio Branco, Maria Thereza Alves, Regina José Galindo, Orlando Nakeuxima Manihipitheri, Paulo Nazareth, Paz Errázuriz e Vincent Carelli. 


Composta por obras dos artistas Armando Queiroz, Dora Longo Bahia, Claudia Andujar, Coletivo Macunaíma Colorau, Jorge Bodanzky e Orlando Senna, Leonardo Sette, Rodrigo Bueno, registros em vídeo do Museu do Índio e texto da revista Realidade, a mostra é uma reflexão sobre a presença indígena na arte brasileira.

Cruzeiro do Sul aborda a história dos contatos entre os povos indígenas e o Outro, personagem vivido por representantes diversos da sociedade brasileira. O título do projeto faz referência a uma obra de Cildo Meireles, que consiste em um pequeno cubo de 9x9x9mm feito de pinho e carvalho, madeiras que produziriam fogo segundo a cosmologia Tupi”, diz Bogossian.
 
Saiba mais sobre os palestrantes

Andrea Tonacci nasceu em Roma em 1944 e muda-se para São Paulo e 1953, onde reside até hoje. E1968 é premiado no Festival de Brasília com o média metragem Bla Bla Bla. Em 1970, realiza o clássico Bang Bang, longa metragem de referência obrigatória no cinema brasileiro. Em 1977, filma denúncia dos índios Canela em Conversas no Maranhão e até 1984 dedica-se a documentar aspectos da resistência social indígena nas Américas e pesquisa a utilização de mídias audiovisuais pelos índios. Entre 1980 e 1983, documenta em Os Arara as expedições de primeiro contato com índios isolados. 

Gabriel Bogossian é editor e curador independente. Realizou exposições em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Miami e no Tennessee, nos EUA.

Laymert Garcia dos Santos é professor titular (aposentado) do Instituto de Filosofia e C. Humanas da Unicamp. Foi um dos conceptores da ópera multimídia Amazônia - Teatro-Música em Três Partes e um dos diretores do filme Xapiri, sobre o xamanismo yanomami.

Moacir dos Anjos é pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco, no Recife. Foi diretor do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães - MAMAM (2001- 2006). Foi curador do pavilhão brasileiro na Bienal de Veneza (2011), curador da Bienal de São Paulo (2010), co-curador da Bienal do Merco­sul, PoA (2007) e curador do Panorama da Arte Brasileira, MAM SP (2007).

Vincent Carelli, com mais de quarenta anos de indigenismo, iniciou em 1986 o Vídeo nas Aldeias, um projeto que coloca o vídeo a serviço dos projetos políticos e culturais dos índios. Carelli é hoje secretário executivo da ONG Video nas Aldeias, que passou a ser uma escola de cinema para índios.


Paço das Artes
Av. da Universidade, 1 - Cidade Universitária - São Paulo - SP
Horários: quartas a sextas-feiras das 10h às 19h; sábado, domingo e feriados das 11h às 18h.
Visitas orientadas com o Núcleo Educativo pelo e-mail: educativo@pacodasartes.org.br ou (11) 3814-4832 e 3815-4895
REALIZAÇÃO

Realização
Fale Conosco | Mapa do Site | Ouvidoria | Transparência | Trabalhe Conosco Design ps.2 | Tecnologia ps.2wcms