Busca
Procure por artistas,
obras ou exposições
Paço das Artes
Av. Europa 158
Jardim Europa
CEP 01449-000
São Paulo/SP, Brasil
T 11 2117 4777 r. 413/414

Evento

III Simpósio Internacional de Arte Contemporânea do Paço das Artes

Experiências/ Campos/ Intersecções/ Articulações

VISITAÇÃO
25 a 27 de outubro de 2009
ARTISTAS PARTICIPANTES
Alberto López Cuenca , Andre Parente, Cicero Inacio Silva, Dora Mourão, Eugenio Valdes Figueroa, Felipe Fonseca, Gilbertto Prado, Giselle Beiguelman, James Wallbank, Lucas Bambozzi , Lucia Santaella, Marcelo Araujo , Márcio Seligmann-Silva , Marcos Moraes, Miguel Chaia, Mike Stubbs, Nelson Brissac, Paulo Viveiros, Pep Dardanyà , Polise De Marchi, Priscila Arantes, Roberto Gomez de la Iglesia , Rogério da Costa, Rosalind Krauss, Tadeu Chiarelli , Vitória Daniela Bousso, Yacine Ait Kaci
APOIO
Alumni
canal contemporaneo
cce
Consulado Espanhol
Cultura Inglesa
ECA
FEUSP
senac
tvusp
O III Simpósio Internacional de Arte Contemporânea do Paço das Artes atenta ao fato que, nas últimas décadas, a experiência da arte migrou de um campo específico de proposições artísticas para uma prática ampliada, que opera na convergência de linguagens e em diálogo com outras esferas do conhecimento. Hoje emerge a necessidade de reelaborar o sistema da arte à luz de novas indagações: como pensar as instituições em consonância com a visão fluida que caracteriza o nosso tempo? Como as instituições poderão criar novas configurações de ação frente à crise econômica? Quais os caminhos para se compreender a arte contemporânea em um mundo em que as imagens midiáticas têm se tornado cada vez mais presentes e impactantes? É possível falar em economia criativa com referência a cultura e arte? É possível, ainda, falar em sustentabilidade? Quais as prováveis saídas para as artes e seu sistema?

A partir dos anos 1970, a experiência da arte migrou de um campo de proposições artísticas específicas para uma prática desdobrada, ampliada, que opera na convergência de linguagens e em diálogo com outras esferas do conhecimento.

Nos anos 1980, observa-se um crescimento importante do mercado de arte ao lado de recrudescimentos estéticos, como foi o caso da Transvanguarda e da revitalização da pintura, em detrimento das práticas conceituais, em uma empreitada que pode ser relacionada com as questões econômicas da era Tatcher –Reagan.

Nos anos 1990, com padrões de referência aos pedaços, a produção artística se rearticula ao mesmo tempo em que é inevitável a sua absorção pelo mercado. Observa-se uma corrida de curadores, instituições e galeristas em busca de organização para a manutenção de um sistema que se articula em função do capital. De um lado, exercita-se a conquista de novos espaços, ao mesmo tempo em que se combate a aceleração e a amnésia por meio de práticas que passam a reconsiderar possíveis utopias: outras articulações e novos espaços, aonde ganham força artistas que trabalham com arquivos, com articulações em redes, enfim, com novas formas de agenciamento no campo da arte, tais como os coletivos e os trabalhos colaborativos.

Ao quase completarmos a primeira década do século XXI transparece a urgência de repensar o sistema da arte, novas formações e configurações de espaço, sua circulação, difusão e produção em função de dois fatores: a crise econômica que hora se impõe e a força das imagens da comunicação e da mídia no mundo contemporâneo.

Estas são algumas das proposições que o III Simpósio Internacional de Arte Contemporânea do Paço das Artes pretende investigar. As três edições do simpósio, se pensadas no conjunto, podem dar ao nosso público, composto de jovens artistas, teóricos, curadores, professores e jovens críticos uma idéia do que se fez e se pensou no campo da arte contemporânea nesta quase década de virada do milênio.

Diretrizes conceituais do simpósio
Ana Tomé, Angela Santos, Daniela Bousso, Daniela Kutschat, Fernando Oliva, Marcia Ribeiro, Martin Grossmann, Nelson Brissac e Priscila Arantes

Comissão científica
Miguel Chaia, Priscila Arantes, Priscila Farias e Tadeu Chiarelli

Desenvolvimento
Angela Santos, Daniela Bousso, Fernando Oliva e Priscila Arantes

Programação
25 de outubro, domingo

15h30 às 16h
Abertura: Ronaldo Bianchi (Secretário de Cultura Adjunto), Daniela Bousso (Paço das Artes/MIS, SP) e Priscila Arantes (Paço das Artes/MIS, SP)

16h00 às 17h30
Re-configurações no sistema da arte contemporânea

Palestrante: Rosalind Krauss (Universidade Columbia, NY)

Mediação: Márcio Seligmann-Silva (UNICAMP, SP)

Debatedoras: Daniela Bousso e Priscila Arantes

26 de outubro, segunda

Mesa I: 10h às 11h00
Espaços, intercâmbios e cooperação no âmbito da arte

Palestrantes: James Wallbank (Access-Space Lab, Sheffield) e Pep Dardanya (Can Xalant, Espanha).

Cases: Temporada na Temporada (Roberto Winter e Luiza Proença), Ocupação (Patricia Canetti/Canal Contemporâneo).

Mediação: Giselle Beiguelman (artista/PUC-SP)

11h30 às 12h15: Debate com Marcos Moraes (FAAP, SP)

14h às 15h: Comunicações

Julia Buenaventura V. de Cayses e Agnus Valente

Mediação: Rejane Cintrão

Mesa II – 15h30 às 17h
Estratégias para tempos de crise: economia criativa

Palestrantes: Mike Stubbs (FACT, Liverpool) e Roberto Gomez de la Iglesia (Grupo Xabide, Espanha)

Mediação: Marcelo Araujo (Pinacoteca do Estado, SP)

17h45 às 18h15: Debate com João Sayad (economista, Secretario da Cultura)e Patricia Canetti (Canal Contemporâneo)

Mesa III – 15h30 às 17h
Imagem, arte e poder
*no auditório da Escola da Aplicação / USP

Palestrantes: Paulo Viveiros (Portugal) e Tadeu Chiarelli (ECA-USP)

Mediação:Dora Mourão (ECA-USP)

17h45 às 18h15: Debate com Miguel Chaia (PUC-SP)

27 de outubro, terça

Mesa IV – 10h às 11h
Confluências: Arte, tecnologia, indústria, design

Palestrantes: Nelson Brissac (PUC-SP) e Yacine Ait Kaci (Electronic Shadows, França)

Mediação: Polise De Marchi (SENAC-SP)

11h às 12h: Debate com Cícero Inácio Silva (University of San Diego, CA)

Mesa V – 14h às 15h30
Redes sociais, arquivo e acesso

Palestrantes: Rogério da Costa (PUC-SP) e Alberto Lopez Cuenca (pesquisador de redes sociais/autorais, Espanha)

Mediação: Felipe Fonseca (pesquisador de mídia independente e software livre)

15h30 às 16h30: Debate com Eugenio Valdes Figueroa (Casa Daros, RJ)

Mesa VI – 14h às 15h30
Imagens contemporâneas e imagens da arte contemporânea
*no auditório da Escola da Aplicação / USP

Palestrantes: Lucia Santaella (PUC-SP) e André Parente (UFRJ)

Mediação: Gilbertto Prado (ECA-USP)

15h30 às 16h30: Debate com Lucas Bambozzi (artista, curador)

17h15 às 17h45: Comunicações

Daniela Maura Ribeiro, Santiago Rueda Fajardo e Rubiane Vanessa Maia da Silva

Mediação: Angela Santos

18h15 às 19h: Encerramento com a comissão de diretrizes conceituais do Simpósio











REALIZAÇÃO

Realização
Fale Conosco | Mapa do Site | Ouvidoria | Transparência | Trabalhe Conosco Design ps.2 | Tecnologia ps.2wcms